“Ecologia e Espiritualidade” com Marcelo Barros e Jacinto Rodrigues

cartazEcologiaEspiritualidadeBarrosJan2014

Teve lugar no dia 16 de Janeiro de 2014, na Universidade do Minho, a 1ª Edição das Conversas Ecosóficas com o tema de debate “Ecologia e Espiritualidade”.

A conferência contou com a presença de Marcelo Barros (Monge Beneditino), Jacinto Rodrigues (Universidade do Porto) e José Pinheiro Neves (CECS-Universidade do Minho e CECL – Univ. Nova de Lisboa) como oradores. A sessão foi moderada por Maria Paula de Vilhena Mascarenhas (CICS-UM).

Programa

10H00 – Receção dos participantes
10H15 – ABERTURA

Presidente do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho
Provincial da Consolata
Diretor do Centro de Investigação em Ciências Sociais (CICS)
Presidente da Sociedade de Ética Ambiental (SEA)
Presidente do Observalicia

10H30 – 12h30

Conferência Ecologia e espiritualidade

Oradores

Marcelo Barros
Monge Beneditino – Brasil
Jacinto Rodrigues
Professor Catedrático da Universidade do Porto
José Pinheiro Neves
Professor Auxiliar da Universidade do Minho

Moderadora

M. Paula V. Mascarenhas (CICS-UM)

DEBATE

Comissão Organizadora: Padre Ramón Cazallas (Consolata), Doutor Jorge Moreira (SEA), Professor Doutor José Pinheiro Neves (CECS-UM e OBSERVALICIA), Professora Doutora M. Paula Vilhena Mascarenhas (CICS-UM e OBSERVALICIA ) e Doutor Pedro Rodrigues Costa (CECS-UM e OBSERVALICIA).
Organização conjunta dos Missionários da Consolata, da Sociedade de Ética Ambiental, do CICS/UM – Centro de Investigação em Ciências Sociais da Universidade do Minho (CICS/UM) e do OBSERVALICIA (Observatório sobre Alimentação, Tecnologia e Ecologia).

 

 

Ecologia e Espiritualidade: Monge Marcelo Barros e Paulo Borges

14/01/2014 – Anf. IV Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Oradores: Monge Marcelo Barros (na linha da Teologia da Libertação, Biblista e com obra publicada sobre o tema – Brasil) e Paulo Borges (presidente da União Budista Portuguesa; presidente do Partido pelos Animais e pela Natureza; Professor na Universidade de Lisboa, com obra publicada na linha de uma visão holística.

Ecology and Spirituality: the status of non-human entities within a spiritual or religious perspective of life and reality.

Moderador: Joaquim Cerqueira Gonçalves Presidência da sessão: Carlos João Correia (CFUL); António Fernandes (Consolata) Evento organizado com o apoio da SEA – Sociedade de Ética Ambiental.


Imagem: http://pauloaeborges.blogspot.pt/2014/01/ecologia-e-espiritualidade-com-paulo.html

Fonte: #EcosophyOnDigitalNetworks #DeepEcoFacebook #CyberEcosophy: Ecologia e Espiritualidade: Monge Marcelo Barros e Paulo Borges

Entrevista com Paula de Vilhena Mascarenhas (OBSERVALICIA) na Rádio Universitária do Minho

cartazEcologiaEspiritualidadeBarrosJan2014

Entrevista com Paula de Vilhena Mascarenhas (OBSERVALICIA) na Rádio Universitária do Minho

9 de Janeiro de 2014 às 14h30

Paula de Vilhena Mascarenhas entrevistada por Lara Antunes

Entrevistadora: Quais são os objetivos das conferências e o que pretende?

Entrevistada: O I ciclo de conferências ecosóficas emerge no seguimento de dois eventos, os Simpósios Internacionais de Ecosofia e Ecologia e as conversas ecosóficas, ambos criados por dois professores da Universidade do Minho, sociólogos e investigadores de dois centros de investigação, CECS/UM e CICS/UM em parceria com o Observalicia- Observatório que desenvolve estudos na perspetiva ecossistémica nas áreas da Alimentação, da Teconologia, Ecosofia e Ecologia.

A rutura com a sabedoria ancestral, onde a espiritualidade desempenhava um papel fundamental no equilíbrio e respeito pela Natureza e o aparecimento do mecanicismo cartesiano, deu origem a uma tecnociência arrogante, onde Homem separa-se da Natureza e pretende dominá-la de forma utilitária. Estes factos contribuíram para o aparecimento de todas as dicotomias da racionalidade moderna, percursora das crises social e ecológica da atualidade.

A Ecosofia é um paradigma que defende a dimensão ecossistémica das inter-relações e interações dinâmicas e recíprocas entre o meio ambiente e o homem, com a sua mente e com os outros humanos. Trata-se de um campo de conhecimento que integra as Ciências e a Arte.

Com o lançamento deste ciclo de conferências ecosóficas, dedicado ao tema Ecologia e Espiritualidade uma co-organização do CICS-UM, Missionários da Consolata, Sociedade de Ética Ambiental e do Observalicia, pretendemos debater um novo diálogo entre o saber hegemónico, a ética e a espiritualidade, capaz de olhar para os fenómenos como um todo e colocar o ser humano novamente em harmonia com a vida e os sistemas ecológicos naturais.

Entrevistadora: Quais os Temas que irão ser abordados?

Entrevistada: Os temas abordados são a Ecologia e espiritualidade com Marcelo de Barros. Marcelo de Barros Souza, o nosso convidado principal, é monge beneditino e presbítero, teólogo e biblista. É atualmente secretário latino-americano da Associação Ecumênica dos Teólogos do Terceiro Mundo (ASETT) e um dos três teólogos que compõem a Comissão Teológica da ASETT. Desenvolve uma pesquisa sobre a relação entre Teologia da Libertação e Teologia do Pluralismo Religioso. Colabora com várias revistas brasileiras e de outros países, na América Latina e na Europa. Semanalmente, publica um artigo sobre “espiritualidade ecumênica e desafios da vida”, editado em vários jornais brasileiros, sendo também articulista mensal das revistas italianas. Publicou 45 livros de Exegese Bíblica, Teologia Ecumênica, Liturgia e Espiritualidade, além de colaborar com várias obras coletivas. No campo da Teologia da Libertação, iniciou a Teologia da Terra, publicando três livros sobre esta matéria, o mais conhecido em conjunto com José Luis Caravias, livro da coleção Teologia e Libertação. Marcelo de Barros à conversa com Jacinto Rodrigues e José Pinheiro Neves, moderada por Paula de Vilhena Mascarenhas.

Jacinto Rodrigues é Professor Catedrático Jubilado da Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto e foi titular da cadeira de Ecologia Urbana. No âmbito da ecologia, arquitetura, urbanismo e ciências sociais, publicou vários livros e inúmeros artigos em revistas e jornais, nacionais e internacionais.

José Pinheiro Neves, professor do Departamento de Sociologia da Universidade do Minho, investigador do CECS/UM e vice-presidente do Observalicia, publicou artigos e livros na área da tecnologia e sociedade. Desenvolve investigação na Ecosofia na era digital e as novas espiritualidades.

Paula de Vilhena Mascarenhas, professora do Departamento de Sociologia da Universidade do Minho, investigadora do CICS/UM e presidente do Observalicia, tem investigação no âmbito da Socio-Ecologia numa perspetiva ecosófica e publicou vários artigos na área da Sociologia da Alimentação e do Ambiente, desenvolvendo projetos de educação ecológica e biodiversidade.

Os temas. Debater a Ecologia e a espiritualidade convida-nos em primeiro lugar, à mudança da nossa relação com o meio ambiente e com a tecnologia num “ato conectivo” como defende Massimo Di Felice (2002) que reúne os circuitos informativos as tecnologias de informação interativa, os indivíduos, ao território e aos elementos ambientais não humanos. A ética e a espiritualidade ecológica são os motores de mudança de comportamentos, desencadeando um novo olhar, novos sentidos e práticas ecológicas sustentáveis para com a vida e os sistemas ecológicos. A Ecologia cuida da vida e da Natureza. A Ecologia mental precisa da ecologia social. A ecologia espiritual vai para além da ecologia da mente, numa visão ecológica do universo. É o emergir de uma nova consciência e de uma nova cultura – do SER Ecológico.

Entrevistadora: A quem se destina?

Entrevistada: A todos. Alunos, jovens, docentes, investigadores nas áreas das Ciências Humanas e Naturais, políticos e população em geral.

Entrevistadora: Quem pode participar e como pode fazê-lo?

Entrevistada: A entrada é livre e gratuita. As inscrições podem ser feitas através do secretariado, enviando um email para cics@ics.uminho.pt ou por telefone (+351) 253 601 752. Inscrições on line:
https://docs.google.com/forms/d/13jpVY3OVGoJX8HSh_HWk_tezBFILpUre9
34EJE8dm-c/viewform
Local: o I Ciclo de conferências decorre na sala de Atos do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho (ICS/UM). Organização conjunta dos Missionários da Consolata, do SEA – Sociedade de Ética Ambiental, do CICS/UM – Centro de Investigação em Ciências Sociais da Universidade do Minho (CICS/UM) e do OBSERVALICIA.

Entrevistadora: A doutora Paula Mascarenhas faz parte da organização?

Entrevistada: Sim. A Comissão organizadora é constituída pelo Padre Ramon Cazallas (Consolata), Doutor Jorge Moreira (SEA), Professor Doutor José Pinheiro Neves (CECS-UM), Professora Doutora M. Paula Vilhena Mascarenhas (CICS-UM) e Doutor Pedro Rodrigues Costa (CECS-UM).

 

Entrevista na Rádio Universitária do Minho